(3 votes)

Oh! Pálido Pecado da gris Morte,
Numa misteriosa e bela dança!
O jogo dos olhares... Esperança!
O movimento quente, lindo e forte...

Oh! Pálido Pecado que em mim lança
Fascínio, sedução... Oh falsa sorte
Que me deixa sem luz, céu, vida e norte!
Maldita e imaculada! Triste dança!

Oh! Pálido Pecado... Juventude...
Dança, dança, divina grã-beleza!
Dança, dança, lasciva grã-pureza!

Dança sem fim, desejo atormentado...
Virtude escura... Pálido Pecado...
Oh! Pálido Pecado de virtude!


Rommel Werneck
Declamado pelo autor em:  http://www.youtube.com/watch?v=ARhQ7yid5h0
Declamado por Joel Shinalder em: http://www.youtube.com/watch?v=EiEVU152qa4
Vídeo clipe: http://br.youtube.com/watch?v=HqxcEf1M1jY

Poesias do Porão - Poesias

Banner
Facebook Page: estronhobook Twitter: estronho YouTube: EditoraEstronho
Nós temos 2 visitantes online