(8 votes)

Às vezes me pego pensando, pensando em coisas que não queria lembrar...

A noite chega e com ela vem a lembrança de seu rosto
Aquele rosto que tanto amei
Rosto que eu admirava por horas e horas sem nunca cansar
Seu corpo, tão belo, esguio e docemente delicado.
Sua beleza me assustava as vezes
Nunca te vi como minha
Você sempre tão altiva e imponente nunca me deu esse direito
Minhas mãos lhe tocavam com suavidade
Enquanto lhe possuía, ou melhor, você me consumia.
Eu não poderia viver sem você
Sem sua presença, sem teu lindo rosto.
Mas sua alma era impenetrável, inconquistável.
Ao contrario de sua carne, tão tenra e macia.
Carne sua, que eu, em uma tentativa insana.
Para lhe ter sempre junto a mim, maculei.
Hoje a noite é como todas aquelas em que eu ficava durante horas sem tirar
os olhos de seu rosto.
Sempre tão belo!
Sim, as noites continuam iguais, ainda belas e sedutoras.
Já seu rosto esta diferente.
Já faz três dias desde meu ato macabro
Seu rosto agora tem um aspecto frio e um tom azulado.
Tento não pensar no que fiz naquela noite
Mas as lembranças teimam em voltar
Não as agüento mais.
Não agüento mais a falta que me faz ouvir sua voz
Tenho que ficar junto a ti
O sangue que agora jorra de meus pulsos é uma prova de amor
Com sangue celebro nossa união.

Comentários  

0 #1 yasminVisitante 25-11-2005 14:09
cara,essa poesia é boa para caralho... :D
Citar
0 #2 BOM POETAL_i 03-12-2005 19:09
O autor do poema teve a intenção de chamar a intenção dos leitores..
Gostei do poema tem o um ponto romantico e o macabro pois ela morre e o sangue une os dois...

Adorei o poema ele soube se expressar bem um ato "macabro"... Bjus :roll:
Citar
0 #3 ZécabraVisitante 15-03-2006 17:16
Dentro do género (o macábro) acho que é um bom verso. Lê-se muito bem. Embora no final para cultuar o tétrico, se fosse eu, faria referência aos pulsos rasgados, com a carne e as veias dilaceradas, cujos gritos lancinantes eram lançados em medonhos jorros de sangue, vomitados pelas entranhas. Qualquer coisa mais suturna. Mas, pronto, não está mal, não senhor:P
Citar
0 #4 dudinhaEduarda 16-10-2008 21:33
Gostei muito legal pq adoro poesia e poema tnho um caderno chei de poesias um livro cheio de poema...
Uma pequena frase de amigos
Amigo de verdade não é aquele que te faz sorrir
Amigo de verdade é aquele que te faz chorar com a verdade
Citar

Poesias do Porão - Poesias

Banner
Facebook Page: estronhobook Twitter: estronho YouTube: EditoraEstronho
Nós temos 2 visitantes online