Um motorista que viajava de BH à SP vinha pela BR381 de madrugada, e numa curva ele quase passou por cima de um corpo estirado na estrada... por pouco ele não capotou seu carro para desviar do corpo. Passado o susto, com o carro parado no acostamento, ele fica olhando pelo retrovisor o corpo imóvel no asfalto. Depois de hesitar alguns segundos antes de descer do carro, pois pensava que poderia ser um assalto ou algo parecido, o motorista desceu do carro e se aproximou do corpo. Era um jovem de aproximadamente 23 anos que se encontrava desfigurado e todo ensanguentado mas que incrivelmente ainda respirava. - Me ajude... disse o jovem. O homem, sem pensar duas vezes carregou o garoto para o seu carro e saiu em disparada pela BR e entrou na primeira cidade (Varginha/MG) e de madrugada, não havia ninguém para informá-lo onde era o pronto-socorro daquela cidade que para ele era desconhecida. Por fim, ele chega a um hospital de plantão e na recepção ele é surpreendido pelo atendente. - Este é um hospital particular, o senhor tem que pagar uma taxa de 350 reais e se responsabilizar pela vítima. - Mas eu não tenho nada com isso, este rapaz eu encontrei na estrada e não fui eu quem o atropelei! disse o motorista. - Sinto muito, são as normas. - Mas eu estou fazendo uma caridade! O rapaz não podia ficar na estrada! retrucou o motorista. -Somente com a taxa e o termo de responsabilidade. insistia o recepcionista. - Mas ele morrerá sem socorro! - Espere um instante que eu vou chamar o médico de plantão, se ele quiser atender desta maneira... Pouco depois, o doutor aparece, um senhor de mais ou menos 50 anos... e sua resposta foi a mesma. - Só atendo com a taxa paga, nós não trabalhamos de graça, ele só entra aqui com a taxa paga. Irritado com a frieza do pessoal do hospital o motorista passa por cima do balcão de atendimento, pega o médico pela camisa e grita: - Se você não o atende aqui dentro vai atendê-lo lá fora!! Arrastando o médico pela gola da camisa, o motorista o leva até seu carro onde estava o rapaz e ao se aproximar, percebe que o médico foi amolecendo as pernas e começou a chorar... Se tratava de seu FILHO mais velho e que pela demora no atendimento já havia falecido. Dizem que até hoje este médico atende de graça todos os seus pacientes e jamais cobrou nenhum tipo de atendimento desde aquela noite que devido a sua ganância, deixou seu filho morrer.

Comentários  

+1 #1 AnaVisitante 19-08-2005 20:07
:cry: Nossa eu ja tinha ouvido historias parecidas com essa mais sei la se isso aconteceu mesm0... essa foi uma boa lição para esse medicoo dexa de se ganancioso!!
Citar
0 #2 tiagojre@hotmai l.comVisitante 25-01-2006 22:21
:cry: uma uma lição de vida
Citar
+1 #3 fatyVisitante 28-01-2006 22:22
Parece historia inventada,mas oxala' que seja verdadeira,pois gente materialista e gananciosa,ha' demais,gostei,b onita historia,mesmo sendo trite. :-)
Citar
0 #4 eu mesmaVisitante 14-02-2006 16:59
concorda com thiago, e uma lição de vida e tbm para medico q so ajuda ganhando
Citar
+1 #5 Q estronho!Eric Fabian 08-03-2006 04:18
E q coincidencia horrível!
Citar
0 #6 Predador 28-03-2006 14:33
Mesmo sendo o mais particular dos hospitais ou clínicas, é proibido negar socorro.
Conta outra!
Citar
+1 #7 IZAVisitante 13-05-2006 16:22
:sigh: PELOMENOS O MÉDICO APRENDEU Q A GANANCIA N LEVA A ND
Citar
0 #8 Guest 07-09-2008 15:33
a historia é linda e bem feito para o medico masi cade a parte assustadora só tem uma parte de ironia do destino....
Citar
0 #9 CaridadeMarita 04-01-2010 15:55
Não é a toa que a caridade é a maior das virtudes.
Se a gente "não aprende por amor, aprende pela dor".
Seria bem melhor se todos aprendessem pelo amor!!!
Citar
0 #10 RE: O Médico que Recusou Socorrosouza 19-05-2013 11:05
CONTOS DA CRIPTA...UHHAHAHAHAHAHA.
Citar

Na Estrada

Facebook Page: estronhobook Twitter: estronho YouTube: EditoraEstronho
Nós temos 9 visitantes online