• Cinema e TV

    A Aceleração do Medo

    Cinema (Crítica/História do Cinema/Remakes). Um livro de Filipe Falcão. Sinopse: A produção de remakes sempre foi uma prática comum no sistema de produção cinematográfica. Dentro do gênero horror, tem sido constatado um expressivo aumento do número de refilmagens, no século XXI. Este fenômeno parece se apoiar em processos contemporâneos do cinema mainstream como a continuidade intensificada, o hipercinema e e estética do excesso; a principal característica comum a esses filmes é o fluxo narrativo mais acelerado do que os títulos originais. Este livro procura identificar e analisar, de maneira precisa, o estilo das refilmagens de horror contemporâneas, a fim de compreender como acontece a aceleração do fluxo narrativo. Valor sugerido  Impresso: R$…

  • Cinema e TV,  Todos

    Homem não entende nada! Arquivos secretos do Planeta dos Macacos

    Cinema: SÃO 40 ANOS DE PESQUISA! 612 Páginas, mais de 200 fotos! Este livro começou a ser escrito em 1978. É a mais completa obra sobre o universo Planeta dos Macacos. Do livro de Pierre Boulle aos filmes de Arthur P. Jacobs. Dos seriados de televisão à literatura. Das histórias em quadrinhos à volta ao cinema. Entrevistas exclusivas com atores e técnicos, a história dos bastidores das produções para cinema e televisão: criação e aplicação da maquiagem que deu o Oscas a John Chambers; criação dos figurinos; a construção das cidades cenográficas e outras histórias jamais contadas! Autor: Saulo Adami  · CLIQUE AQUI para ler um trecho do livro ·   Preço…

  • Cinema e TV,  Todos

    Era uma vez no Spaghetti Western: o estilo de Sérgio Leone

    No começo dos anos 1960, produtores europeus se lançaram à tarefa de realizar westerns. Durante quase duas décadas, realizadores de Itália, Espanha, França e Alemanha lançaram 550 filmes dentro desse ciclo de produção, que ficou conhecido como spaghetti western. Críticos prestigiados espinafraram as obras e seus diretores, mas isso não impediu que o subgênero se tornasse sucesso de público. Um diretor foi o grande responsável por esse fenômeno. Sergio Leone introduziu humor negro e ironia no gênero, representou os caubóis como homens sujos e criou novas técnicas de representação imagética e sonora. Este livro examina todos os filmes de Leone, analisando exaustivamente cenas importantes para encontrar e explicar os padrões…