• Biografias e Memórias

    As HQs dos Trapalhões

    Não se trata de uma HQ. É um livro contendo depoimentos de 27 profissionais que trabalharam na produção das revisitas dos Trapalhões, na Bloch Editores, Editora Abril e Editora Escala. O livro traz ainda originais, model sheets, e duas histórias completas no original (sendo uma delas INÉDITA: “O Fantástico Didisena”). “Os Trapalhões formaram o grande quarteto do humor na TV durante gerações. Ao longo de décadas, criaram cenas clássicas e personagens inesquecíveis que contribuíram muito para a cultura nacional. Mas a influência de Didi, Dedé, Mussum e Zacarias não ficou restrita à televisão, suas trapalhadas fizeram história no cinema e também nos quadrinhos. E é exatamente sobre esta vertente das…

  • Cinema e TV,  Todos

    Ensaios de cinema brasileiro 1: dos filmes silenciosos à pornochanchada

    Cinema: Através dos ensaios deste livro, o leitor será convidado a visitar sets de filmagem, a beber nos bares com os artistas, a brigar e se apaixonar por atores ou técnicos – em suma, a construir a história do cinema brasileiro junto com aqueles que a escreveram na prática. O resultado final da experiência da leitura desse livro dificilmente será outro do que despertar (ou renovar) no leitor um pouco da paixão que a escritora tem por esse cinema – e com certeza incentivará a (re)visão de mais e mais filmes brasileiros por quem se dispuser a esse mergulho junto com ela. Autora: Andrea Ormond  · CLIQUE AQUI para ler…

  • Biografias e Memórias,  Todos

    Delírio, poesia e morte: a solidão de Álvares de Azevedo

    Em um surpreendente exercício de alteridade, Luciana Fátima dá voz à trajetória de um dos maiores expoentes do Romantismo brasileiro: Álvares de Azevedo. Poderíamos afirmar que este livro é uma biografia romanceada do jovem poeta, mas isso seria simplificar demais, pois ele é, também, o testemunho humanizante de uma São Paulo em formação. Como afirma Bruno Matangrano, no prefácio, “Luciana captou o espírito dos oitocentos [e da cidade], tomando para si a voz do poeta. De tanto ler as obras de Azevedo e pesquisar sobre ele, tornaram-se amigos.” A trágica lira azevediana ecoa por todas as páginas, pelas quais a autora busca reconstruir os passos, não apenas de Azevedo, mas,…