• Literatura Contemporânea

    Tréguas e epifanias no precipício

    Novela/Romance Contemporâneo. Um livro de Arlindo Gonçalves. Sinopse: Avenida Celso Garcia, zona leste da cidade de São Paulo. Marcos descobre um boteco e o apelida de Bar Precipício. Lá, se interessa pelas histórias de vida de seus frequentadores – muitos relatos comoventes, outros tantos engraçados. Entre o balcão e as mesinhas do bar, cervejas, destilados e fumaça de cigarro – quando ainda era possível fumar em recintos fechados e de uso coletivo –, Marcos testemunha e narra histórias como a de dona Joana, alcoólatra, analfabeta e marcada por uma tragédia familiar; Nena, sempre embriagada e em desavenças com Aragão, o balconista que a serve a contragosto; o corintiano padre Horácio…

  • Horror e Suspense,  Outros,  Todos

    O Homem e Seus Demônios

    Romance: Farris Knox consegue lançar seu primeiro livro numa grande editora, mas o sucesso demora a vir, e o faz adiar o sonho de abandonar seu emprego em uma fábrica de sabão para dedicar-se inteiramente à literatura. Com um golpe de sorte, um executivo da editora lê sua obra e a indica um amigo crítico, que publica um parecer positivo em um dos maiores jornais do país. O tão esperado sucesso chega e o livro torna-se um best seller. No entanto, Farris Knox não vê propósito em sua vida e durante sua busca por respostas para algumas questões básicas, e em meio a uma tormenta que põe em cheque sua…

  • Outros,  Todos

    Distúrbio

    ROMANCE / DRAMA Rossana, 13 anos, tem tudo para ser uma menina feliz: pais ricos, três irmãos que a amam e uma beleza fora do comum. Contudo, Rossana não quer ser bonita. A beleza atrai coisas que não deseja a ninguém. A mãe, frustrada por uma carreira de pouco sucesso, coloca na filha todas as suas ambições e desejos. Procura na figura do pai, um aliado, mas acaba encontrando sofrimento, a menina ingênua se vê transformada em mulher… a mulher daquele que deveria protegê-la. Sofre uma infância terrível. Submetida aos abusos físicos do pai e às exigências quase sobre-humanas da mãe, conhece, demasiado cedo, mundos que nem os adultos têm…